Gols do Palmeiras, Grêmio, Internacional, Cruzeiro e outros na quarta rodada da Libertadores

Anúncios

Corinthians e Cruzeiro fecham a terceira rodada do Brasileirão 2017 na ponta da tabela, com sete pontos cada um. São portadores do futebol pragmático. Em um campeonato longo de pontos corridos essa fórmula de vencer na conta do chá tem lá sua valia, mas é cedo para indicar que os dois encontraram a trilha do título. Como também não se pode excomungar Atlético-MG e Palmeiras, até aqui decepcionantes. Muito menos o Santos, cada dia mais esquálido. Cabe ainda apontar o dedo ao São Paulo, de pé com seu treinador aprendiz após duras quedas.

Personagens do Brasileirão 2016 – perfil (2)
Jogador do Vitória, sincero e real nas entrevistas pós-jogo, se transforma em um dos mais bem avaliados atacantes do campeonato

622_40f7931d-a6aa-39a6-9162-0dd46ed6ac39

Marinho não sabe mentir, nem enrolar na entrevistas ao final dos jogos ou mesmo nos intervalos das partidas. Fala como joga, com sinceridade. Sua diferença aos outros jogadores é a simplicidade. Do mesmo jeito que revela sua pureza diante de um microfone, ilude seus marcadores. Dribla como se bebe água e ferroa com chutes precisos. Seria um craque, não fosse algum preconceito e a falta de paciência de treinadores e dirigentes a adotar, até aqui, o mais inocente e lúcido dos jogadores deste Brasileirão 2016.

cru

Corinthians se beneficia de erro da arbitragem, cede empate  (1 a 1) ao Cruzeiro e vê o Palmeiras ficar com o título simbólico de campeão do primeiro turno do Brasileirão. A preocupação do seu torcedor nem era fechar na frente do rival e sim enxergar um horizonte mais claro na sequência do campeonato. E o resultado nesta segunda-feira não indica que dias melhores virão. No momento do aperto, se teve nítida a falta de um elenco qualificado à disposição de Cristóvão Borges, chamado de “burro” no Pacaembu ao trocar Romero por Marlone.

santos-x-cruzeiro_fxzs9qlo0f721aa57xtfhbmga

Dorival Júnior projeta o Santos na briga pelo título do Campeonato Brasileiro se não perder seus principais jogadores na janela de transferência, com fechamento no dia 30 de agosto. O treinador admitiu essa possibilidade logo após a vitória do seu time diante do Cruzeiro por 2 a 0 neste domingo (31/7) na Vila Belmiro. Resultado que coloca o Alvinegro na segunda posição da tabela, com 32 pontos, mesmo número do Palmeiras, terceiro colocado.