Corinthians é um time sem segredo. Se defende com minúcias, cada setor tem marcação dobrada. Avança em triangulações nos dois lados do campo, simples. E ferroa no ataque como um escorpião, letal. Não é um modelo inusitado, nem difícil de ser esmiuçado. O problema é como demolir a fortaleza e não levar as picadas.

Anúncios

Vitória dos reservas do Palmeiras em cima dos reservas do Grêmio neste sábado (01/7) abre boas perspectivas ao clube que mais investe em contratações na temporada 2017 do futebol brasileiro. Gasta com reforços e colhe resultados em campo.

Palmeiras ainda não se libertou de seus demônios. Sofre e assopra, mesmo em vitórias importantes como os 3 a 1 em cima do Fluminense neste sábado (10/6). Resultado diminui a fervura e expõe algumas fraturas. Roger Guedes, por exemplo. Um dos melhores da partida, com entrega, assistência e gol no finalzinho, não escondeu a birra. Sinal de que o universo do time passa por tempestades uma atrás da outra.

Corinthians e Cruzeiro fecham a terceira rodada do Brasileirão 2017 na ponta da tabela, com sete pontos cada um. São portadores do futebol pragmático. Em um campeonato longo de pontos corridos essa fórmula de vencer na conta do chá tem lá sua valia, mas é cedo para indicar que os dois encontraram a trilha do título. Como também não se pode excomungar Atlético-MG e Palmeiras, até aqui decepcionantes. Muito menos o Santos, cada dia mais esquálido. Cabe ainda apontar o dedo ao São Paulo, de pé com seu treinador aprendiz após duras quedas.

São Paulo sustentou um tabu de não perder para o Palmeiras no Morumbi desde 2002 ao vencer o clássico por 2 a 0 neste sábado (27/5). Muito da vitória do Tricolor passa pelo acerto na estratégia de Rogerio Ceni e nos equívocos de Cuca. E, claro, na precisão de Lucas Pratto e falhas capitais de Fernando Prass.

622_8198cc31-1563-35c6-9818-a4d17376cc42.jpg

Palmeiras precisava de uma boa vitória, daquelas com autoridade, fora de casa para alertar aos concorrentes quem, de fato, manda no Brasileirão neste início de segundo turno. Os três pontos conquistados diante do Atlético-PR, até então invicto na sua fortaleza, têm esse peso. O time de Cuca venceu por 1 a 0, sustentou a liderança do campeonato e incomodou a concorrência.

20654100

Palmeiras quebra sequência de duas derrotas consecutivas ao empatar por 1 a 1 com a Chapecoense e acende a esperança de ser campeão do primeiro turno do Brasileirão. Chegou ao segundo lugar com 33 pontos, mesmo número do líder Santos e do terceiro colocado Corinthians. Tem time e uma boa chance para buscar o título simbólico, desde que faca a diferença em casa contra o Vitória no domingo.