20160906231431_57cf78075aedf
Casemiro tomou conta do meio-campo – fotos Pedro Martins/Mowa Press

Brasil vence Colômbia em casa por 2 a 1 no segundo jogo sob o comando de Tite, entra na zona de classificação da Copa do Mundo de 2018 e consolida alguns jogadores até então fora do primeiro escalão nos tempos de Dunga. Nesta partida em Manaus, Casemiro e Philipe Coutinho deram hierarquia à Seleção Brasileira. Veja análise do desempenho de cada um e as notas:

Anúncios
20160906233731_57cf7d6b04778.jpg
Neymar e Coutinho celebram gol na vitória contra Colômbia – foto: Mowa Press

Se Gabriel Jesus fez a diferença na estreia de Tite no comando da Seleção Brasileira contra o Equador, Philipe Coutinho mudou o rumo do jogo na vitória diante da Colômbia por 2 a 1 nesta terça-feira (06/9), em Manaus, pelas Eliminatórias da Copa de 2018. O meia do Liverpool entrou no segundo tempo e deu outra vida ao escrete com jogadas de talento, dribles e muita amplidão.

20160904212046_57ccba5e84d3a-1.jpg
Gabriel Jesus em Manaus com a Seleção – foto: Mowa Press

Palmeiras vai mandar um jatinho do presidente Paulo Nobre buscar Gabriel Jesus na manhã desta quarta-feira (07/9). O resgate cinematográfico é para ter o garoto prodígio no clássico contra o São Paulo no Allianz Parque. Jesus defende a Seleção Brasileira contra a Colômbia, a partir das 21h45 desta terça-feira (06/9), dorme em Manaus e logo cedo embarca em voo particular até a capital paulista e à noite vai para o jogo. É no mínimo assustador.

equador_x_brasil

Quando dirigia o Corinthians Tite se impressionou com Gabriel Jesus, ainda na temporada de 2015. Em conversas reservadas repetia que o garoto do Palmeiras estava pronto, era diferente. Pep Guardiola, depois de sacramentada a contratação do atacante pelo Manchester City, disse assim: “Compramos gols, Jesus é fazedor de gols”. Na sua primeira convocação na Seleção Brasileira, Tite pescou o jovem atacante e deu ao menino a camisa 9, camisa de peso, de envergar varal. Gabriel Jesus, 19 anos, vestiu o manto sagrado de Ronaldo pela primeira vez na vida e escreveu seu nome na estreia na Seleção. Sofreu o pênalti convertido por Neymar e fez dois gols da vitória do Brasil por 3 a 0 contra o Equador em Quito pelas Eliminatórias da Copa de 2018.

tite.treino

Tite não escondeu o time muito menos o que pensa do jogo contra o Equador na sua estreia no comando da Seleção Brasileira. Para espanto de jornalistas acostumados aos mistérios dos treinadores na cobertura do escrete, o novo chefe deu a escalação sem nenhuma cerimônia. Arrancou aplausos do séquito de repórteres e ele mesmo esbanjou largo sorriso.   Resta saber como será a reação após a dura partida que se apresenta contra os equatorianos, nesta quinta-feira (01/9) às 17h (horário de Brasília). O Brasil ocupa a sexta posição na classificação das Eliminatórias da Copa de 2018, portanto fora do Mundial da Rússia neste momento.

Kashiwa Reysol v Guangzhou Evergrande - AFC Champions League Quarter Final
Paulinho celebra gol do Guangzhou Evergrande – Foto: Getty Images

Tite surpreendeu em pelo menos três nomes na sua primeira convocação da Seleção Brasileira. Os mais destacados foram Taison, atacante do Shakhtar Donestk (Ucrânia), o meia Giuliano, ex-Grêmio e hoje no Zenit (Rússia), e Paulinho, ex-Corinthians e há oito meses no Guangzhou (China).