Real Madrid anunciou a contratação de Vinicius Jr, jogador juvenil do Flamengo, de apenas 16 anos. Um dos mais ricos da Europa, o clube espanhol vai desembolsar 45 milhões de euros (cerca de R$ 162 milhões) para levar o garoto na temporada de 2019. A negociação é uma das maiores do futebol brasileiro e ganhou todas manchetes esportivas na terça-feira. Vinicius Jr se junta a Gabriel Jesus, Gabigol, David Neres e Lyanco, todos com menos de 20 anos, negociados aos clubes da Europa, entre agosto de 2016 e maio de 2017.

622_c3d4d4f5-d569-3c7a-930c-b9501e809a1b

Gabriel Jesus se despediu do Palmeiras nesta quarta-feira (07/12). Vai embora campeão brasileiro e ao encontro de Pep Guardiola, um dos treinadores mais badalados do mundo, no Manchester City. Ao mesmo tempo do adeus do menino ao Palestra, na Itália a imprensa noticia o provável empréstimo de Gabigol por parte da Inter de Milão a um time pequeno do país ou da Espanha. O abismo entre os dois Gabriéis escancara modelos diferentes de exportação de jovens jogadores do Brasil ao mercado europeu e seus efeitos na carreira de cada um.

 

gabriel-gabigol-santos_thzw6b97z11r147zd7vkkdy7wSantos começa a colher suas tempestades no Campeonato Brasileiro. No momento de mostrar força, como no longo período em que ficou sem seus três jogadores a serviço da Seleção Olímpica, padece. Ao perder do Figueirense por 1 a 0 neste domingo (28/8), emendou derrotas a times que brigam contra o rebaixamento, casos de América-MG e Coritiba. Não fosse só por isso, não poderá contar mais com Gabigol, negociado por 27 milhões de euros com a Inter de Milão.

PRO-14

Brasil exorcizou seus demônios contra a irrequieta Colômbia e carimbou sua passagem às semifinais do torneio de futebol masculino nos Jogos do Rio. Muito da vitória por 2 a 0, neste sábado (13/8), passou pelos pés e cabeça de Neymar, vítima preferida dos colombianos com um histórico ruim ao craque brasileiro na Copa de 2014 e na Copa América de 2015. Dessa vez, Neymar sobreviveu. A próxima parada é contra Honduras e, bem provável, Alemanha na final. A se confirmar esse encontro, fantasmas do 7 a 1 vão sobrevoar o Maracanã.

FBL-OLY-2016-RIO-DEN-BRA
Gabriel Jesus, enfim, celebra seu gol na Olimpíada – Foto Nelson Almeida – AFP

Meninos da Seleção Olímpica não deram respostas a ninguém. Nem aos críticos, nem aos torcedores, que optaram por exaltar Marta a Neymar, muito menos à TV Globo. A resposta foi para eles mesmos. A vitória por 4 a 0 teve muito da mudança tática feita por Rogerio Micale ao usar Luan como meia e um novo arranjo do tridente, com Gabriel, Neymar e Gabriel Jesus. Enfim, a seleção se reconciliou com o bom futebol e vai enfrentar a Colômbia nas quartas de final no Itaquerão.

Torcedores se manifestam contra outra exibição fraca do time de meninos do Brasil e gostariam de trocar Neymar por Marta da seleção das meninas
1470610016_529586_1470625784_noticia_normal

Seleção Olímpica sai vaiada pela segunda vez consecutiva nos Jogos do Rio. Mais que não fazer um gol em duas partidas, o Brasil perdeu a identidade no campo e o respeito da sua torcida. O empate por 0 a 0 contra o Iraque coloca um imenso ponto de interrogação no futuro dessa seleção na Olimpíada e, por tabela, em uma geração promissora do futebol brasileiro. E começa a criar no imaginário do torcedor de que a seleção feminina tem mais bola do que essa dos garotos. Em vez de se gritar Neymar, o que se ouve é Marta, Marta.

pro8-9

Futebol brasileiro está muito perto de um renascimento, a partir deste 4 de agosto de 2016. No estádio batizado com o nome da lenda Mané Garrincha, em Brasília, a Seleção Olímpica entra em campo contra África do Sul, às 16h, com a enorme responsabilidade de dar início ao resgate da excelência do nosso futebol, hoje moribundo e entediante.