19559687-3

Tite deixou claro na sua primeira convocação da Seleção Brasileira a promessa de montar um time voltado ao ataque. Não deu detalhes, apenas ressaltou o projeto de liberar seis jogadores para atacar. E, mais importante, destacou um fato esquecido pelos últimos treinadores do escrete. “É preciso jogar bem e vencer”, disse Tite, que estreia no comando da Seleção contra o Equador, dia 1.º de setembro, em Quito, e dia 6 conta a Colômbia, em Manaus, jogos das Eliminatórias da Copa de 2018.