Guerra das torcidas não tem hora nem dia para acabar. É permanente no futebol brasileiro. O confronto entre Máfia Azul (Cruzeiro) e Mancha Verde (Palmeiras) na Fernão Dias é tratado como mais uma batalha pelas facções.