CBF não desiste de fazer dinheiro com a Seleção Brasileira. Uma semana depois da prisão de Sandro Rosell, ex-presidente da Barcelona, e das denúncias da Justiça da Espanha a respeito de lavagem de dinheiro em jogos da Seleção, a confederação anuncia uma novidade na transmissão dos amistosos contra Argentina e Austrália no início de junho. As duas partidas serão exibidas pela TV Brasil, estatal comandada pelo governo federal, e também no Facebook, sem a participação da TV Globo.