2302528h765

Argentina estava despedaçada nas Eliminatórias da Copa de 2018. Derrotada pelo Brasil, sem confiança, pagava por seus pecados quando teve de se socorrer a Patón Bauza, treinador de times medianos. Moscou parecida distante, longe do alcance. Havia apenas uma esperança, essa exclusiva dos argentinos. Apenas eles têm Lionel Messi. E isso diz tudo.