Rogerio Ceni insinua que Tite teria convocado Rodrigo Caio para amistosos da Seleção Brasileira – contra Austrália e Argentina, em junho – por causa da honestidade demonstrada pelo jogador no caso do cartão amarelo na polêmica com Jô, do Corinthians. O técnico do São Paulo disse ainda que convocaria Rodrigo Caio por seu futebol e não por um gesto de fair-play. Tite não respondeu a Ceni.

Futebol é carregado de enigmas como nenhum outro esporte. Não fosse assim, não teríamos como contar a história dos confrontos entre Corinthians e São Paulo nas semifinais do Paulistão 2017.

Rodrigo Caio é um jogador de condomínio, disse uma vez um dirigente do São Paulo Futebol Clube. Referia-se ao jogo simples e ao correto comportamento do, na época, volante promovido dos canteiros do clube. Ele nunca foi viril, nem quando atuou ou atua como zagueiro. É daqueles que antes mesmo de fazer uma falta já pede desculpas ao jogador que vai derrubar. Não bate forte. Prefere assoprar. Quando comete erros, se envergonha. Quando acerta, guarda as glórias no seu íntimo. Nunca deu uma entrevista polêmica, descontando aí a sua juventude. Nem arrumou confusões dentro e fora de campo. Seu perfil é de um bom moço. Em pouco mais de 125 jogos como jogador profissional desde 2011, foi expulso em menos de cinco partidas.

6k7hpd1m7e_37h9hb74i0_fileTite mandou um recado aos jogadores convocados por ele para os dois próximos jogos da Seleção Brasileira – contra Argentina, dia 10/11, e Peru, 15/11, rodada das Eliminatórias da Copa de 2018. “Arrebentem em seus clubes”, disse o treinador. Só assim, jogando muito em seus times, poderão se manter no escrete nacional, de acordo com o técnico. Até aí, nada a acrescentar. O problema é quando você olha a lista dos 24 relacionados por Tite nesta sexta-feira (21/10) e se depara com o nome de Lucas Lima. O meia, em momento ruim no Santos, tem jogado pedrinha.

32_drtwdsz

Desde 7 de agosto, o São Paulo não vencia uma partida fora de casa no Brasileirão. Apertado, a um ponto da zona de rebaixamento, com o técnico Ricardo Gomes pendurado por um fio, o time reagiu e construiu na força de vontade uma vitória de virada por 2 a 1 contra o Fluminense, no Rio. Um resultado improvável diante do futebol exibido no primeiro tempo, mas real com a mudança de comportamento na última parte do jogo. Os três pontos levaram o Tricolor do 16.º lugar para o 12.º. Ufa!

56ca2ed35ce04

São Paulo corre risco de não vender Rodrigo Caio nesta janela de transferência do futebol europeu que se fecha na quarta-feira (31/8). Por decisão do comando do clube, o valor pedido pelo jogador passou de 10 milhões de euros para 15 milhões depois da conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos. Lazio, Sevilla, Milan e Napoli, interessados na contratação, avaliaram que não valeria a pena investir todo esse dinheiro em um zagueiro.