Rivaldo não teria vida fácil se ainda jogasse futebol em algum clube brasileiro nessa temporada de 2017. A cada comemoração de um gol, com aquele seu gesto característico de cobrir a cabeça com a camisa, seria punido com o cartão amarelo. Essa advertência, entre outras polêmicas, faz parte das “novas normas de padrão da arbitragem” divulgadas pela CBF, no dia 11 de maio, em seu site oficial e repassadas a todos árbitros que apitam nas Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.

Anúncios

neymar-marca-e-brasil-no-duelo-contra-o-paraguai-em-itaquera-1490754927629_1024x768

A CBF é a maior beneficiada com a reviravolta da Seleção Brasileira, a primeira se classificar no campo ao Mundial da Rússia 2018. Sem mover uma palha, apenas com a troca de Dunga por Tite, a entidade conseguiu amenizar a pressão em cima do presidente Marco Polo Del Nero, renovou contratos de patrocínios, deu um golpe nos clubes e se cacifou para vender amistosos da Seleção por uma fortuna. A Globo, antes crítica da Del Nero diante dos resultados ruins da Seleção, também se acalmou e surfa nos altos índices de audiência nos jogos do Brasil.

20170323220127_58d46fe7857d0

 

Tite já pode arrumar sua mala para embarcar com destino a Moscou em 2018. A goleada por 4 a 1 em cima do Uruguai no estádio Centenário mostra o tamanho da autoridade da Seleção Brasileira reconstruída por Tite. Todos alicerces se edificaram nesse jogo em Montevidéu. Paulinho, resgatado pelo treinador quando estava abandonado desde 2014, deu o acabamento final com três gols. Neymar completou a conta no sétimo triunfo consecutivo do Brasil nas Eliminatórias desde que a CBF teve a feliz ideia de trocar o comando com a saída de Dunga.

keno-aponta-e-o-arbitro-thiago-duarte-peixoto-da-o-segundo-cartao-amarelo-para-gabriel-que-nao-so-nao-cometeu-a-falta-como-nem-participou-do-lance-1487815269145_956x500Tiago Duarte Peixoto, árbitro da trapalhada no clássico entre Corinthians x Palmeiras, vive dias de linchamento moral e profissional. Espicaçado nas redes sociais, programas de televisão e por toda a comunidade do futebol, sofreu uma dura punição da Federação Paulista e não poderá apitar mais nenhum jogo por tempo indeterminado em competições organizadas pela entidade. A CBF também encampou a decisão da FPF e não vai escalar o árbitro em jogos sob a tutela da confederação. Tiago deve passar um ano sem assoprar o apito.

17050205

A não realização do clássico Atlético-PR x Coritiba, o Atletiba deste domingo (19/2), escancara a insatisfação de parte de clubes brasileiros com a venda de direitos de transmissão dos jogos. Há uma clara ruptura contra a TV Globo, detentora da maioria dos campeonatos e parceira da CBF e das federações estaduais de futebol. A briga é por mais dinheiro, uma vez que a maior fatia da receita dos clubes vem das cotas de transmissão pagas pela Globo. A encrenca é que, por submissão histórica, dirigentes de clubes delegam às federações o poder de negociar com a rede de TV. Nesta temporada de 2017, Atletico-PR e Coritiba não aceitaram as cotas oferecidas pela emissora e se indispuseram contra a Federação Paranaense de Futebol (FPF). Por isso, projetaram o Atletiba com uma inédita transmissão pelo YouTube e Facebook, mas foram impedidos de jogar por decisão da FPF que, por sua vez, não queria contrariar os interesses da Globo.

esporte-futebol-gremio-atletico-mg-ramiro-20161207-009

CBF dá mais importância à Copa do Brasil do que ao Campeonato Brasileiro. Deixou bem clara essa opção quando anunciou nesta segunda-feira (19/12) a nova premiação ao campeão da Copa em 2018. Vai pagar R$ 68,7 milhões ao clube que levantar a taça. O Palmeiras levou apenas R$ 17 milhões com a conquista do Brasileirão 2016.