2299991h765

Seleção Brasileira resgatou sua identidade com uma vitória categórica por 3 a 0 contra Argentina no Mineirão. Quando se enquadra um rival de tradição, de camisa, é sinal de que está no caminho certo. Brasil de Tite se fez presente no momento de dificuldade e se impôs com autoridade ao ser desafiado. Venceu, passou por cima. E jogou os argentinos no abismo – na sexta colocação das Eliminatórias, eles correm risco sério de não ir à Copa do Mundo da Rússia em 2018.

Anúncios

neymar-ap2

Neymar vai pagar um preço alto na corrida para ser o melhor do mundo na eleição da Fifa. Pesa contra o craque brasileiro sua opção de não disputar a Copa América Centenário nos Estados Unidos. Preferiu jogar a Olimpíada do Rio, quando conquistou a medalha de ouro, que tem valor zero na hora de se escolher o bola de ouro da temporada 2016. Outra fator negativo na avaliação de Neymar é o seu comportamento no campo em desabafos contra torcedores e desavenças diante de adversários.

pro3-22Cuca assumiu o compromisso público de recuperar o futebol de Gabriel Jesus, após derrota (1 a 0) diante do Santos sábado na Vila. Disse que esta é uma de suas missões na reta final do Campeonato Brasileiro – restam cinco rodadas. Não parece uma tarefa fácil. Treinador do Palmeiras não terá tempo para devolver o garoto aos seus dias de encanto. Jesus, depois do jogo contra o Inter no domingo (06/11), vai servir a Seleção Brasileira e só deve voltar no dia 17/11 na partida contra o Atlético-MG no Mineirão.

Assediado por São Paulo, Palmeiras e Flamengo, atacante Bernard não vai trocar o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por nenhum desses três clubes. A chance de o atacante voltar ao Brasil é zero. Aclamado por Felipão na Copa do Mundo de 2014, como jogador que tem “alegria nas pernas”, a prioridade de Bernard é continuar no futebol europeu.

6k7hpd1m7e_37h9hb74i0_fileTite mandou um recado aos jogadores convocados por ele para os dois próximos jogos da Seleção Brasileira – contra Argentina, dia 10/11, e Peru, 15/11, rodada das Eliminatórias da Copa de 2018. “Arrebentem em seus clubes”, disse o treinador. Só assim, jogando muito em seus times, poderão se manter no escrete nacional, de acordo com o técnico. Até aí, nada a acrescentar. O problema é quando você olha a lista dos 24 relacionados por Tite nesta sexta-feira (21/10) e se depara com o nome de Lucas Lima. O meia, em momento ruim no Santos, tem jogado pedrinha.

1476220170_792041_1476234049_noticia_normal_recorte1

Seleção Brasileira não sentiu a falta de Neymar para assumir a liderança das Eliminatórias da Copa de 2018. Sem grandes sustos, derrotou a fraca Venezuela por 2 a 0 em Mérida. Sem o craque, o time fez tudo certo. Tudo bem que sem muito lustro, sem nada de muito especial, de diferente, mas uma vitória consistente que marca a recuperação do escrete desde a chegada de Tite. Quatro jogos, quatro vitórias. E com um alô de Gabriel Jesus, agora com quatro gols em quatro jogos.