Santos e TV Globo não falam o mesmo idioma desde março de 2016 quando o clube vendeu seus direitos de transmissão dos jogos do Brasileirão ao canal Esporte Interativo (EI), do grupo norte-americano Turner. Contrato terá validade de 2019 a 2024. Entre os grandes clubes do grupo da elite do futebol brasileiro, o Santos foi o primeiro a romper com a Globo – depois o Palmeiras também cedeu os direitos ao EI.