Palmeiras segura Grêmio e pode perder Gabriel Jesus na ‘decisão’ contra Flamengo

douglas5_hoptga3

Palmeiras volta do Sul com um empate sem gols de extrema importância na briga pelo título do Brasileirão. Jogou para o gasto e teve um pouco de sorte ao não ser derrotado pelo Grêmio. Cuca arriscou na escalação ao improvisar Gabriel na função de lateral e tomou decisões equivocadas nas substituições. Mas somou um ponto que dá a vantagem (47 a 46) contra o Flamengo, adversário da próxima quarta-feira no Allianz Parque, na primeira decisão do Brasileirão 2016.

Se o empate na arena gaúcha tem a sua relevância, o prejuízo ficou com a perda de Gabriel Jesus. O garoto saiu aos 29 minutos do segundo tempo com suspeita de contratura muscular na coxa esquerda. Sem Jesus, o time de Cuca perde a referência e a excelência.

ANÁLISE DO JOGO

Palmeiras sofreu até os 30 minutos do primeiro tempo. Sem entender como deveria marcar o Grêmio e com o volante Gabriel na função de lateral-direito para perseguir Luan, o líder não desenvolveu seu jogo. Fora isso, errou uma quantidade absurda de passes na saída de bola. E só não sofreu um gol por causa da boa defesa de Jailson em chute cara a cara de Pedro Rocha.

douglas-edu-dracena-gremio-palmeiras-brasileirao-11092016_1hmh1mapxqf2x11qqvj6x5krt3Dos 35 minutos até o final da primeira parte, colocou a bola no chão, passou a jogar com mais inteligência e sem desespero. Empurrou o time gaúcho e viveu do jogo aéreo. Se não assustou Marcelo Grohe, pelo menos aliviou a pressão que vinha sofrendo desde o início do jogo.

Um dos problemas do Palmeiras estava na transição ao ataque. Tchê Tchê errava quase tudo a ponto de ser cobrado por Cuca. Thiago Santos, homem de marcação, não tem familiaridade com o bom passe. Isso comprometeu, e muito, a evolução do time. Dudu e Roger Guedes, nas extremas, também sofriam perseguição dupla e quase no tinham espaços. Sem falar em Gabriel Jesus encaixotado entre Geromel e Kanemann.

No segundo tempo, Cuca teria de encontrar uma solução para dotar seu time de mais posse de bola e chegada forte ao ataque. O Grêmio deveria intensificar a pressão e buscar o gol a todo custo. Teve uma chance imperdível com Luan, aos 12 minutos, e outra com Edilson carimbando a trave em cobrança de falta.

rib_7534Acossado, Cuca trocou errado. Tirou o rápido Roger Guedes por Cleiton Xavier e depois Moisés por Barrios. Se estava confuso e lento ma saída ao ataque, ficou ainda mais arrastado. E, para complicar, perdeu Gabriel Jesus, aos 29, com suspeita de contratura na coxa esquerda – problema para o jogo contra o Flamengo.

Rafael Marques entrou no lugar de Jesus e teve a grande chance de definir a partida ao errar um toque em lançamento de Dudu. Antes desse lance, Dudu, de voleio, carimbou o travessão de Grohe.

Cuca sem inspiração, Gabriel Jesus pagando a conta do desgaste e o desfalque de Jean minaram o Palmeiras. O empate caiu do céu.

FICHA DO JOGO

Grêmio 0 x 0 Palmeiras

Grêmio: Marcelo Grohe, Edilson, Pedro Ceromel, Kanemann e Marcelo Oliveira; Wallace (Ramiro), Jailson e Douglas; Pedro Rocha (Guilherme), Bolãnos (Batista) e Luan. Técnico: Roger Machado

Palmeiras: Jailson, Gabriel, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê  Tchê e Moisés (Lucas Barrios), Roger Guedes (Cleiton Xavier), Gabriel Jesus  (Rafael Marques) e Dudu. Técnico: Cuca

Juiz: Emerson de Almeida Ferreira
Cartões amarelos
: Edílson, Kanemann, Douglas, Wallace, Edu Dracena, Gabriel e Jailson
Público: 19.514 pagantes
Renda: R$ 671.308,00
Local: Arena Grêmio

Anúncios