Tributo a Messi

Messi é um jogador de futebol em estado puro - foto: Reuters

Messi não vai descalçar as chuteiras e virar um comentarista de TV. Messi não vai sair da história por nunca (será?) ter conquistado uma Copa do Mundo.

Não precisa de agrados, muito menos de proteção das pedradas. Messi não pede nada a ninguém.

Parece um punhado de estrelas e uma só, de brilho próprio.

É quase um cavaleiro solitário em busca de uma causa a cada domingo nas igrejas do futebol. E como ele alisa a terra verde como um passarela a desfiar suas habilidades, que não poucas, ao deleite de sua gente.

Messi não é um Instagram. É um jogador de futebol em estado puro. Não precisa de estatísticas, nem dos galhardetes a eternizar uma glória efêmera. Seu mote é jogar bola.

Sofre com as derrotas, sublima as vitórias e dá a vida ao torcedor. Mais nada.

Anúncios