Cristiano Ronaldo tem um sonho para contar a todo mundo

FBL-EURO-2016-MATCH49-POR-WAL
Cristiano Ronaldo celebra classificação à final da Euro – Foto: Getty Images

Cristiano Ronaldo é uma máquina produtora de gols. É um obstinado na busca de títulos. No Real Madrid já beijou o céu campeão da Champions League por duas vezes. Suas atuações nos clubes o levaram a ser eleito melhor do mundo por três vezes. Falta ao craque português o toque redentor, aquele último capítulo de uma obra formidável com a bola nos pés. Ser campeão da Eurocopa com as cores de seu país e ponto final.

“Meu sonho é ganhar algo com Portugal e vamos em busca desse título, sempre altivos. Nosso sonho está aqui.”

A declaração é de Cristiano Ronaldo, minutos após a celebração da vitória incontestável por 2 a 0 contra País de Gales, do seu amigo Gareth Bale, na semifinal da Eurocopa, nesta quarta-feira (06/7), em Lyon. Resultado que leva Portugal à final contra o vencedor de França e Alemanha, que jogam nesta quinta-feira.

Há 12 anos a seleção portuguesa não se credenciava à disputa do título europeu. A última vez se deu em 2004, em casa, quando saiu derrotada por 1 a 0 pela surpreendente Grécia. Felipão dirigia Portugal e Cristiano Ronaldo estava no time. A ferida da derrota foi cauterizada. E o coração voltou a pulsar mais forte com a esperança.

Até por isso, Cristiano tem todos os motivos para não por limites na sua ambição. No jogo que devolveu a Portugal a chance de ser campeão, o craque resolveu a questão. De um golpe de cabeça, como uma picada de escorpião, ele marcou o primeiro gol diante de Gales e, de um chute seu sem lastro, Nani desviou e fez o segundo gol, que definiu a vitória.

Os dois gols conferidos, aos 4 e 7 minutos do segundo tempo, corroeram País de Gales. Debutando na Eurocopa, os galeses não conseguiram reagir.

A história pesava muito nas costas do time comandado por Gareth Bale. Inexperientes em competições internacionais de envergadura, galeses não tinham mais ideias para mudar o rumo da partida. No primeiro tempo, quando defender era a regra, até que cumpriram bem com a obrigação. No segundo tempo, era preciso algo mais. Não deu.

Derrotados, galeses voltam para casa com a mesma sensação que sentiram os islandeses, outra trupe que escreveu seu nome nos gramados franceses. Orgulhosos.

Do lado de Portugal, a autoestima lá em cima. Depois de cinco empates, na fase de grupos, oitavas e quartas, venceu o primeiro jogo nos 90 minutos nesta Euro. Campeões, muitas vezes, se aprontam dentro das competições até vestir o traje de gala.

Portugueses sabem que Cristiano Ronaldo já está de smoking e por isso sonham com a consagração neste domingo (10/7) em Saint-Denis. É como diz o craque: “Nosso sonho está aqui.”

3000

Anúncios