Hooligans do West Ham são banidos dos estádios, uma bela lição aos clubes brasileiros

 

4749
Polícia tenta conter os vândalos do West Ham

Apenas para atualizar os leitores desse blog, a vice-presidente conselho do West Ham, Karren Brady, disse nesta quarta-feira (11/05) que o clube vai punir torcedores que participaram do vandalismo contra o Manchester United na chegada do ônibus no estádio, pouco antes do jogo histórico de despedida do Upton Park, na terça-feira (10/5). Os chamados hooligans serão banidos para sempre dos estádios – expulsões vitalícias.

“Eu, o conselho e todos do West Ham United condenamos totalmente o comportamento inaceitável que vimos do lado de fora do estádio na noite passada. O West Ham é um clube de família e a grande maioria dos torcedores compareceu ao jogo final de terça-feira para dizer adeus ao estádio Boleyn respeitosamente”.

3993
Torcedores ‘comuns’ do West Ham fogem da selvageria dos hooligans

A decisão do West Ham poderia muito bem servir de exemplo aos clubes brasileiros. Aqui, torcedores de facções organizadas de todos os clubes cometem todo tipo de violência, dentro e fora dos estádios, são identificados, presos, soltos em seguida, e continuam livres para frequentar os jogos de seus times.

Nenhum clube brasileiro até hoje tomou essa decisão de banir dos vândalos de seus estádios, mesmo depois de identificados pela polícia e Justiça, como anunciou o West Ham. Uma lástima.

Mais uma vez os ingleses deram o exemplo.

 

Anúncios