São Paulo sai fora da Copa do Brasil e perde mais uma luta contra seus demônios

622_0373b94b-1a81-3ed5-b1d6-2cee3485c874

São Paulo fez o que estava ao seu alcance na decisão de uma vaga às quartas de final da Copa do Brasil. Ao perder por 2 a 1 para o Juventude no Morumbi no jogo de ida, teria de vencer por dois gol de diferença em Caxias nesta quinta-feira (22/9). Fez um gol, aos 23 minutos do segundo tempo, encantoou o time gaúcho por mais 30 minutos e morreu na sua mediocridade. Eliminado no torneio, vai ter de domar seus demônios no Brasileirão na corrida contra o rebaixamento. São Paulo paga por erros graves na temporada.

Por tudo que fez no jogo do Sul, poderia ter voltado para casa com a classificação. Depois de um primeiro tempo sem muita inspiração, quando sofreu alguns sustos, o time de Ricardo Gomes se virou como pôde no segundo tempo em busca dos dois gols. Deu algum alento aos torcedores com o tento de Rodrigo Caio, em posição de impedimento na origem da jogada. Tinha tempo de sobra, mas não tinha futebol suficiente para mudar o curso do rio.

Ricardo Gomes tentou de tudo. Usou peças disponíveis no almoxarifado, remontou a estratégia dos cruzamentos na área e concluiu que era impossível diante da falta de qualidade de seus jogadores. Morreu como um náufrago.

A queda nas oitavas de final da Copa do Brasil, desde a derrota no Morumbi para um time da Série C do Brasileiro, já era esperada. O São Paulo se deixou devorar por sua própria  incompetência desde o início da temporada e dos descalabros de gestão nos últimos anos.

Tirar o Juventude das quartas de final seria um desatino. O Tricolor não fez nada para merecer algo maior. Vai se remoer até exorcizar seus demônios.

Nesta sexta-feira (23/9), a CBF faz o sorteio dos confrontos da Copa do Brasil entre os classificados Corinthians, Palmeiras, Santos, Internacional, Grêmio, Atlético-MG, Cruzeiro  e Juventude.

FICHA DO JOGO

Juventude 0 x 1 São Paulo

Gol: Rodrigo Caio, aos 23 do segundo tempo.

Juventude: Elias, Neguete, Klaus, Micael e Pará; Lucas (Wallacer), Vacaria (Vanderson), Bruninho e Felipe Lima; Roberson e Hugo Almeida (Caion). Técnico: Antônio Carlos

São Paulo: Denis, Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena (Carlinhos); Hudson, Thiago Mendes e Wesley (Gilberto); Kelvin (Luiz Araújo), Chávez e Cueva. Técnico: Ricardo Gomes

Juiz: Ricardo Marques
Cartões amarelos: Mena, Gilberto, Negruete, Lugano
Local: Caxias do Sul

Anúncios