Brasileirão 2019 / análise 1ª rodada: Flamengo, Palmeiras e Santos mostram força, Corinthians e Cruzeiro decepcionam

Bruno Henrique faz a diferença no Flamengo contra Cruzeiro – foto: CBF

Brasileirão 2019 começa com boas notícias nesta primeira rodada. De imediato a surpreendente média de 3,3 gols – total de 33 gols em dez jogos – contra média de 2,7 em 2018. Nenhuma partida acabou em 0 a 0. Palmeiras, Flamengo, Athletico-PR, Santos e São Paulo mostraram bons argumentos na estreia. Corinthians e Cruzeiro decepcionaram.

Outro fato importante: entre os 20 clubes participantes, nove vinham de conquistas de estaduais na semana passada. Desses nove campeões, seis foram derrotados na abertura do campeonato nacional – apenas três venceram. Sinal de que conceitos construídos pelos times nos estaduais não se sustetam diante dos desafios da Série A.

Campeões Corinthians (Paulistão), Cruzeiro (Mineiro), Grêmio (Gaúcho), Fortaleza (Cearense), CSA (Alagoano) e Avaí (Catarinense) foram derrotados. Flamengo (Carioca), Athletico-PR (Paranaense) e Bahia (Baiano), campeões em seus estados, venceram na estreia no Brasileirão.

Lição argentina

Dos resultados nos dez jogos, o mais impactante é a vitória do Santos por 2 a 1 contra o Grêmio em Porto Alegre. Aclamado pelos críticos como o futebol mais bem jogado no país, o time gaúcho do badalado Renato Gaúcho levou uma esfrega de Jorge Sampaoli. Não pelos números do placar final e sim pela estratégia do treinador argentino.

Veja o que Sampaoli disse a respeito do nó que apertou Renato Gaúcho:

“O que mais me preocupavam eram os pontas por dentro, os laterais ofensivos, um 9 que colocava de frente os jogadores que vêm de trás, volantes de contenção que se alternam para subir… Tinha duas maneiras: defender com a bola ou sem ela. Tivemos que treinar os três zagueiros em dois dias. Para mim era mais fácil colocar jogadores habituais, mas preferi colocar jogadores frescos para ter mais intensidade”.

“Três volantes porque o Grêmio tem muita qualidade no meio. Quando nos últimos 15 minutos não conseguimos defender com a bola, ficou complicado. Valorizar o que o grupo fez, tivemos seis mudanças. Feliz por eles e porque começamos com uma vitória num lugar muito difícil contra o melhor time do Brasil.”

De respeito

Dos candidatos ao título, Palmeiras e Flamengo não desafinaram. A vitória de virada (3 a 1) do Fla diante do Cruzeiro, até então invicto neste início de temporada, revigora time carioca que vive em apuros na Libertadores e já era questionado pelas últimas exibições. Derrota serve de alerta a Mano Menezes, muito seguro de que seu time era quase imbatível.

Palmeiras também não deixou por menos ao enfiar 4 a 0 no Fortaleza, campeão da Série B 2018, e com Rogerio Ceni no comando. Time de Felipão mostrou repertório e boas ideias, conteúdo muito cobrado pela torcida e analistas depois da queda no Paulistão.

Sinal amarelo

Sinal de alerta está aceso para Vasco e Botafogo, derrotados por Athletico-PR e São Paulo. Resultados escancaram a fragilidade de seus times, falta de grupo qualificado de jogadores e a certeza de que os dois, a continuar nessa toada, vão brigar para não cair.

Catapulta na muralha

A primeira rodada mostrou ainda que o Corinthians, a fortaleza instransponível construída por Fabio Carille, não é tão sólido como se imaginava. Levou três gols do Bahia, causa de espanto aos aduladores de Carille. Treinador e time terão de remar muito neste Brasileirão.

Olha o menino

E o São Paulo, enxertado com novos reforços como Tchê Tchê e Pato, abre boas perspectivas ao vencer (2 a 0) o Botafogo. Detalhe interessante: quando o time caía na mesmice, Cuca recorreu ao garoto Toró e revirou o jogo.

VAR em ação

VAR esteve presente nos 10 jogos da primeira rodada e mudou decisões dos árbitros de campo em 6 partidas alterando nove decisões: dois gols anulados e um validado, três pênaltis anulados e dois confirmados e um cartão vermelho (expulsão) após análise do vídeo. Não faltou polêmica em algumas partidas com árbitro de vídeo. A discussão vai longe.

Ponto negativo nesta primeira rodada aparece na transmissão dos jogos pela televisão. Assinantes do pay-per-view (Premiere) em todas as operadores não puderam assistir jogos Palmeiras x Fortaleza; Athletico-PR x Vasco. Partida do Palmeira foi exibida apenas no canal fechado TNT. A do Athletico não passou em nenhum canal.

Confira resultados e classificação do Brasileirão 2019:

Sábado (26/4):

São Paulo 2 x 0 Botafogo

Atlético-MG 2 x 1 Avaí

Flamengo 3 x 1 Cruzeiro

Chapecoense 2 x 0 Internacional

Domingo (27/4):

Grêmio 1 x 2 Santos

Bahia 3 x 2 Corinthians

Athletico-PR 4 x 1 Vasco

Ceará 4 x 0 CSA

Palmeiras 4 x 0 Fortaleza

Fluminense 0 x 1 Goiás

Brasileirão 2019 - classificação

 

Anúncios