Meninos do Brasileirão-2016: conheça Vitinho, do Palmeiras

 

Unknown-5Cuca não pensou muito para aceitar a troca de Robinho por Fabrício do Cruzeiro. Depois de analisar o grupo de jogadores, o treinador entendeu que tinha um meia diferente nas categorias de base. Vitinho, de 19 anos, é o nome da promessa. E poderia ser uma boa opção no quadro de meias com o recuperado Cleiton Xavier, Zé Roberto, Allione e, numa eventualidade, Dudu e Fabrício.

Encantado com o garoto, o treinador do Palmeiras pediu a promoção ao profissional, o time de cima, junto com o zagueiro Augusto. Os dirigentes não perderam tempo. Atenderam ao pedido de Cuca e aproveitaram para renovar o contrato de Vitinho até 2021.

Detalhe importante. Diferentemente de Gabriel Jesus, que teve seus direitos econômicos fatiados com agentes e família, cabendo ao clube apenas 30%, o Palmeiras tem 100% dos direitos de Vitinho. A assinatura do contrato se deu na semana passada.

Era tudo o que Cuca queria. Ele sabe que tem nas mãos um meia experiente, que procura o jogo, dialoga com os atacantes, cadencia e impõe o ritmo, este é o Cleiton Xavier. Outros dois, com mais velocidade, casos de Allione e Dudu. Fabrício e Zé Roberto, que podem funcionar como articuladores e, abertos na esquerda, também na recomposição do time.

570f7cd2c703f1d7e7000001

Faltava um diferente. Daí a opção por Vitinho. Veja o que Cuca disse sobre o garoto: “O Vitinho é um meia! Se a gente fica com todos os meias com a mesma característica, você não usa o Vitinho. ‘Como o Cuca libera o Robinho?’. Tem um menino que está brotando, a gente está vendo, vai ceder espaço a ele. Ninguém aqui está fazendo nada à la louca, as coisas são planejadas”, contou o técnico do Palmeiras em entrevista concedida na semana passada ao jornal Lance.

O garoto é atrevido. Gosta de passes rápidos, de primeira, não tem medo de partir para cima quando sai em direção ao ataque, tem bom drible e gosta de arrematar de longa distância. Atua ainda como um ponta, seja na direita ou na esquerda. Bate faltas colocadas e também mete o pé quando necessário. E pode ser o parceiro ideal de Gabriel Jesus.

Unknown-6Com essas qualidades, fez fama nas categorias de base. Os mais apressados o compararam a Neymar, apesar de estilos bem diferentes. Vitinho gosta de fazer gols. Já frequentou a Seleção Brasileira Sub-17, com destaque em torneios amistosos.

No Palmeiras vai servir ao time profissional no Brasileirão e o Sub-20 no Campeonato Paulista quando necessário.

Vitinho chega ao time profissional do Palmeiras com o mesmo enredo de muitos garotos  de pouca posse no futebol brasileiro. Mora na Cohab de Taipas, zona norte de São Paulo. Não raro pega carona com o pai de Augusto, zagueiro também promovido por Cuca ao time de cima, para ir treinar no CT na Barra Funda, zona oeste. Já deu conselhos a Gabriel Jesus e agora espera ser retribuído pelo amigo.

Neste Brasileirão-2016, Vitinho é jogador a ser observado. Se não vestir a máscara dos que se acham acima da média e não se deixar levar pelos “encantos” da imensidão de São Paulo, pode ser uma das revelações da temporada. A conferir.

Veja gols e jogadas de Vitinho nas categorias de base do Palmeiras:

 

Anúncios