Santos se reabilita graças ao lanterna Botafogo, candidato a voltar à Série B

6ba575726669f67fde8c6c2fa9227f2f
Vitor Bueno, com um golaço, abre caminho da vitória santista

Nada como pegar o Botafogo para se reabilitar no Campeonato Brasileiro. Sorte do Santos. Após duas derrotas consecutivas (Internacional e Corinthians), recebeu o time carioca nesta manhã de domingo no Pacaembu e com muita facilidade venceu por 3 a 0.

A vitória indica que a opção do Santos, sem Gabigol e Lucas Lima (na seleção) e Ricardo Oliveira (machucado), é mesmo em um time leve e voltado ao ataque, sem deixar de lado a troca rápida de passes. Bem diferente daquela covardia defensiva frustrada contra o Corinthians na quarta-feira passada.

Armado para atacar em velocidade e, quando necessário, contra-atacar, o time de Dorival Júnior abriu dois gols de vantagem ainda no primeiro tempo.Sem sustos. O primeiro, um gol de patente de Victor Bueno, com direito a chapéu no fraco goleiro Helton Leite, e o segundo com Paulinho.

O enredo do jogo, apesar de toda a fragilidade do Botafogo, poderia mudar de rumo no segundo tempo se Neílton tivesse convertido o pênalti que ele sofreu de David Braz.

Neílton chutou para fora. E assim deu um bico nas pretensões do time carioca. Dali para frente, o Botafogo se destruiu e ainda levou o terceiro gol, contra de Bruno Silva. Era a terceira derrota consecutiva e a lanterna isolada no Brasileirão.

gols_santos_botafogo_brasileirao

Aqui cabe uma ressalva: esse time que subiu à Série A do Brasileirão ainda não tirou o pé da Série B. É fraco. Não tem 11 titulares de boa qualidade técnica e os reservas são piores ainda. Ricardo Gomes tenta equilibrar as carências com alguns garotos, mas sobra boa vontade e falta muito talento.

Se o Botafogo não se coçar, vai voltar à Série B. E o Santos não pode se iludir com essa vitória no Pacaembu. Não se recomenda comemorar um nocaute contra um adversário que se apresentou grogue ao combate.

Anúncios