Palmeiras vira vítima de parte de sua torcida no empate contra o Coritiba e deixa Cuca revoltado

Sinalizadores usados por palmeirenses no estádio Couto Pereira prejudicaram o time, na avaliação de Cuca. “Estamos jogando contra nós mesmos, daqui a pouco vamos voltar ao STJD e perder mais ainda”
 galeriaimagens_11703_img1_20160615_agb_coritiba_x_palmeiras-15

O empate por 2 a 2 do Palmeiras contra o Coritiba fora de casa tem de ficar na conta da torcida palmeirense. A dois minutos do final da partida, quando time vencia por 2 a 1 e tinha o controle absoluto da situação, alguns torcedores botaram fogo nos sinalizadores. Foram seis minutos de paralisação. Na volta, o Coritiba veio para cima e Leandro fez o gol do empate nesta quarta-feira (15/6), no Couto Pereira.

Sinalizadores estão proibidos nos estádios brasileiros. Mesmo assim, torcedores conseguem entrar com os bastonetes e praticar essa imbecilidade de acender com a bola rolando, sem se preocupar com o time em campo. No caso dessa partida no Paraná, o prejuízo ficou com o Palmeiras.

clchaonwaaa43j3A vitória estava na mão, praticamente garantida. Seriam três pontos importantes para deixar o time de Cuca na liderança isolada do Brasileirão. Perdeu dois pontos e chegou a 16, mesma pontuação do Internacional, que recebe o Atlético-MG nesta quinta-feira no Beira-Rio.

Azar de Cuca. No jogo em si, o treinador fez tudo certo. Armou o time para buscar o gol nos 15 minutos iniciais – marcou, com Roger Guedes. Um pouco mais tarde, sofreu o empate em falha contra o jogo aéreo do Coritiba, no primeiro tempo.

No segundo tempo, mais uma vez Cuca mexeu certo. Sacou o pesado Thiago Santos e mandou Cleiton Xavier a campo. Tchê Tchê virou primeiro volante com Moisés e Cleiton Xavier dialogando na criação.

O time assumiu completamente a posse de bola – 65% a 35%. Mas precisava de algo mais. Aos 15, Cuca tirou Rafael Marques para Cristaldo entrar. O argentino se fixou mais na grande área e Gabriel Jesus se deslocou para a ponta-esquerda. Deu certo. Cristaldo fez o segundo gol, que poderia dar a vitória ao Palmeiras.

Depois do gol de Cristaldo, o Coritiba se apagou por completo. E só despertou quando os sinalizadores foram acesos pelos palmeirenses. Nos 6 minutos de acréscimos, Leandro, escorraçado pela torcida nos seus tempos de Palestra, fez o gol do empate.

Um duro castigo a Cuca e a seus jogadores. Dessa vez, o algoz foi a própria torcida.

“O jogo estava na mão do Palmeiras e essa parada foi crucial para que o Coritiba empatasse o jogo. Tem um sabor enorme de derrota pelo o que jogamos e porque este sinalizador atrapalhou de forma direta no resultado. Estamos jogando contra nós mesmos”, disse Cuca