Pato diz não à Lazio e garante que vai jogar no Corinthians até dezembro

corinthians-pato-treino-sorriso-640x480-agencia-corinthians
Pato treina o CT Joaquim Grava – Foto: Agência Corinthians

Corinthians vai ser obrigado a ficar com Alexandre Pato até dezembro. E bancando R$ 800 mil mensais de salários. A decisão não partiu dos dirigentes do clube paulista e sim do próprio jogador. Pato, segundo o diretor da Lazio, Igle Tare, rejeitou a proposta do time italiano e ainda deixou claro que vai jogar no Brasil até o fim deste ano.

Essa decisão do atacante pegou de surpresa dirigentes da Lazio, que davam como certo o acordo mesmo com a saída surpreendente de Marcelo Bielsa – o treinador argentino desistiu de assumir a Lazio depois de fechar contrato com o clube italiano. Bielsa havia pedido a contratação de Pato.

Veja o que disse  diretor da Lazio neste sábado (09/7) em Roma:

“Ele (Marcelo Bielsa) me pediu para contratar Pato. Eu disse que ele é um jogador de qualidade, mas com ressalvas. Ele me pediu para fazer de tudo para levá-lo para Roma, eu fui falar com seu agente para formular uma proposta para um contrato de quatro anos a partir do ponto de vista econômico nosso. Bielsa sabia do padrão de salários da Lazio. A proposta ao Pato foi tão perto dos números do contrato de Klose (atacante alemão). O Pato falou para nós que ele iria falar com a família antes de responder. No dia seguinte o jogador  disse que queria permanecer Corinthians até 30 de dezembro e que por motivos pessoais não queria sair do Brasil. “

A proposta da Lazio previa salários de 1,5 milhão de euros por ano e mais 500 mil euros de bônus por conquista. O Corinthians levaria 2 milhões de euros sem ônus.

Com essa reviravolta no caso, o maior prejudicado é o Corinthians. Cabem algumas perguntas:

  1. Como Pato vai reverter a enorme, diria gigantesca, rejeição da torcida corintiana?
  2. Quando ele vai voltar a jogar, depois dos 40 dias de férias e nos últimos seis meses ter participado apenas de duas partidas pelo Chelsea?
  3. Dirigentes do Corinthians vão deixá-lo à vontade para jogar, mesmo sabendo que no fim do ano ele vai embora quando seu contrato vencer?
  4. Cristóvão Borges terá total autonomia para escalar Pato, um jogador que em  termos financeiros não vai dar nenhum retorno ao Corinthians?
  5. Ao comunicar a Lazio de que vai ficar no Brasil até dezembro, Pato fechou as portas à novas eventuais propostas de clubes europeus?

Essas questões devem ser respondidas por Pato, dirigentes do Corinthians e Cristóvão Borges.