Santos em ebulição pode perder Gabigol, Thiago Maia e Zeca até o fim da Olimpíada do Rio

Ricardo-Saibun-Santos-FC

Santos sofre assédio de grandes clubes europeus e pode sofrer baixas consideráveis até o fim da Olimpíada do Rio. Inter de Milão já trata diretamente com o estafe de Gabriel, o Gabigol, e pode levar o atacante em breve. Chelsea, em negociações avançadas, corre atrás do volante Thiago Maia. Paris Saint-Germain quer o lateral Zeca e também ajusta a contratação com representantes do jogador. As três negociações devem render cerca de R$ 168 milhões ao Santos. Gabigol, Thiago Maia e Zeca estão a serviço da Seleção Olímpica.

Modesto Roma, presidente do clube santista, disse nesta terça-feira (02/8) que não pensa em vender nenhum jogador nesta janela de transferência do futebol europeu – fecha dia 30 de agosto. O problema é como evitar as negociações diante do apetite de empresários e agentes dos garotos.

Dos três cobiçados na Europa, Gabigol, 19 anos, é o que está mais perto de sair. A Inter de Milão confirma uma proposta de 25 milhões de euros (R$ 91 milhões). Santos levaria 18 milhões (R$ 64,8 milhões) e Gabriel e seus representantes teriam direito a R$ 25,5 milhões.

Gabigol foi tema de uma página na edição desta terça-feira da Gazzetta dello Sport, maior jornal de esportes da Europa, escrita pelo jornalista brasileiro Luis Augusto Monaco, um dos maiores especialistas em mercado de transferências de jogadores na mídia do Brasil.

Veja como a Gazzetta apresentou Gabriel aos seus leitores na Itália:

Gabigol

Thiago Maia, 20 anos, tem negociações avançadas com o Chelsea. Quem trata da transação é o empresário iraniano Kia Joorabchian. O clube inglês, que já conta com os brasileiros Oscar e Willian, espera fechar com o volante do Santos por R$ 66 milhões. O clube paulista tem direito a 100% dos direitos de Thiago Maia.

Zeca, 22 anos, também está no radar dos europeus. Depois da investida do Atlético de Madrid, com oferta de R$ 29 milhões, o PSG pode desembolsar R$ 40 milhões. O Santos exige R$ 36,5 milhões pelos 70% dos direitos econômicos que tem do lateral.

pro8-8
Felipe Anderson, ex-Santos, e Gabriel na Seleção Olímpica

Se fechar as três negociações, o Santos pode faturar cerca de R$ 168 milhões. No começo desta temporada, o clube havia vendido o meia Geuvânio, de 23 anos, e levou algo em torno de R$ 37 milhões.

Em contrapartida perderia jogadores importantes na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. No último domingo (31/7), após a vitória em cima do Cruzeiro por 2 a 0, o técnico Dorival Júnior disse que o Santos tem grandes chances de ser campeão se não perder jogadores de peso na janela de transferência.

Sem Gabigol, Zeca e Thiago Maia não vai ser nada fácil a caminhada do time no Brasileirão.

Anúncios