Palmeiras vende Gabriel Jesus ao Manchester City por R$ 124 milhões

Negociação do jogador é manchete em edições matutinas desta quarta-feira na Inglaterra. Clube paulista esperava ceder sua pepita de ouro ao Barcelona antes de Guardiola entrar em ação. Vai levar cerca de R$ 80 milhões na transação
FSD9659-1024x666

Gabriel Jesus é jogador do Manchester City no negócio de 34 milhões de euros (R$ 123,8 milhões). A venda, segundo a imprensa inglesa, foi concluída nesta terça-feira (02/8) em São Paulo. Falta apenas o garoto do Palmeiras, a serviço da Seleção Olímpica em Brasília, assinar o contrato de cinco anos com o clube inglês. Prevalece no acordo a permanência de Jesus até dezembro no clube paulista.

De acordo com o The Sun (veja capa do jornal), o City teria aumentado sua proposta ao Palmeiras. Pulou de 32 milhões de euros (R$ 116 milhões) para 34 milhões (R$ 123,8 milhões) e venceu seus principais concorrentes, entre eles o Barcelona.

O Palmeiras vai levar cerca de R$ 80 milhões na transação. Jesus, seus agentes e intermediários vão dividir 43 milhões.

Veja a capa do The Sun desta quarta-feira (03/8):

IMG-20160802-WA0000

Nos bastidores da negociação, o Palmeiras gostaria de ter vendido Gabriel Jesus ao Barcelona. Alexandre Mattos, diretor de futebol do clube paulista, tinha preferência pelo clube espanhol. Mattos esperava que o Barça pudesse igualar a oferta do City. Não vingou.

Gabriel Jesus se entusiasmou ao falar com Pep Guardiola, por celular, há pouco menos de 20 dias. O treinador apresentou ao garoto vantagens de assinar com o City e o projeto de carreira que terá no clube inglês.

Ao lado de Guardiola, a partir da temporada de 2017, Jesus se transformará em peça principal na engrenagem montada pelo treinador espanhol, que deu preferência a investir em jovens jogadores agora para formar um time imbatível em 2017/2018.

O Palmeiras queria esperar um pouco mais para vender Jesus. O Manchester United especulou algo em torno de 38 milhões de euros. Especulou, veja bem. O City bancou mais 2 milhões de euros, saltou de 32 para 34 milhões de euros e comprou a pepita do Palmeiras e do futebol brasileiro.

Anúncios