Manchester City atropela Barcelona e Real Madrid e vai levar Gabriel Jesus

Palmeiras deve receber pouco menos de R$ 35 milhões, dos R$ 115 milhões que o clube inglês vai pagar pelo garoto. Contratação atende a pedido de Guardiola

00879047-1024x682

Manchester City passa por cima de Barcelona e Real Madrid na contratação de Gabriel Jesus. A pedido de Pep Guardiola, o clube inglês tem como certa a compra do garoto por 32 milhões de euros (R$ 115,2 milhões). A negociação obedece às regras impostas pelo Palmeiras de entregar Jesus apenas em julho de 2017. Dirigentes do City e Guardiola aceitaram essa imposição do clube paulista. O contrato com o City será de 5 anos.

Não custa lembrar que o presidente Paulo Nobre e Gabriel Jesus têm um pacto de que, mesmo negociado nesta janela de transferências da Europa, o menino só deixaria o Palmeiras no fim deste ano de 2016 ou em julho de 2017.

Dono de 30% dos direitos econômicos do jogador, o Palmeiras deve receber cerca de 9,6 milhões de euros (R$ 34,6 milhões) da transação com o City.

Na divisão de cotas, Gabriel Jesus passou a ter 25% – tinha apenas 15%, mas abocanhou mais 10% dos 32,5% do agente Cristiano Simões, segundo o repórter Daniel Batista, do Estadão. Com essa nova divisão, Simões ficou com 22,5% – a mesma cota que pertence ao empresário Fabio Caran.

Soccer friendly - FC Bayern Munich vs Manchester CityAo aceitar a proposta do City, do técnico Guardiola (foto), revelada no Blog do Perrone, o Palmeiras vai faturar bem mais do que poderia receber se o jogador fosse vendido ao Barcelona ou Real Madrid. Por cláusula contratual, os dois maiores clubes da Espanha poderiam comprar Jesus por 24 milhões (R$ 86,7 milhões). Neste caso, o Palmeiras teria direito a 7,2 milhões de euros (R$ 26,1 milhões).

Agentes ligados ao Barcelona, que negociavam com o Palmeiras, pediram o boné. Gabriel Jesus estava no radar do Barça há oito meses.

Há pouco mais de 25 dias, o diretor Raul Sanllehí esteve com Alexandre Mattos em um camarote do Allianz Parque para observar de perto o garoto na partida contra o Figueirense – ele fez dois gols. Sanllehí saiu encantado com Jesus e passou as informações ao comando do clube espanhol

No último domingo (16/7), Robert Fernández, secretário técnico do Barcelona, esteve no Beira-Rio para uma avaliação final de Jesus no jogo Internacional 0 x 1 Palmeiras. Aprovou. Fernández é o homem que bate o martelo nas contratações do clube.

Apesar da proximidade com o Palmeiras e o estafe do jogador, o Barça demorou a dar o bote e amarrar a contratação. Abriu espaço aos concorrentes.

Real Madrid cresceu os olhos na negociação e usou até o prestígio de Ronaldo Fenômeno, contratado pelos agentes de Gabriel Jesus para ser um conselheiro de campo do garoto. Ronaldo deu seu aval ao Real. Mas, parece, o clube merengue não avançou.

Enquanto isso, o Manchester City, de radar ligado a pedido de Guardiola, acionou o empresário Giovanni Branchini para fisgar o garoto pagando 8 milhões de euros (R$ 28,9 milhões) a mais do que Barça e Real estavam dispostos a desembolsar. E garantiu a contratação.

Palmeiras e Manchester City não confirmam o negócio. Gabriel Jesus está em Teresópolis (RJ) com a Seleção Olímpica.  Jornal Sport, de Barcelona, no seu site informa o acordo.

Anúncios