Palmeiras prepara resgate de cinema para ter Gabriel Jesus no clássico contra São Paulo. Precisa?

20160904212046_57ccba5e84d3a-1.jpg
Gabriel Jesus em Manaus com a Seleção – foto: Mowa Press

Palmeiras vai mandar um jatinho do presidente Paulo Nobre buscar Gabriel Jesus na manhã desta quarta-feira (07/9). O resgate cinematográfico é para ter o garoto prodígio no clássico contra o São Paulo no Allianz Parque. Jesus defende a Seleção Brasileira contra a Colômbia, a partir das 21h45 desta terça-feira (06/9), dorme em Manaus e logo cedo embarca em voo particular até a capital paulista e à noite vai para o jogo. É no mínimo assustador.

Neste regaste, Gabriel Jesus teria uma madrugada de sono mais tranquila no Amazonas para chegar “descansado” em São Paulo e jogar o clássico às 21 h45.

Seus companheiros de Seleção vão voltar em voo fretado pela CBF previsto para decolar poucas horas depois da partida contra a Colômbia. Essa viagem deve levar cerca de 7 horas e terminar na manhã na capital paulista. É esse desgaste que o Palmeiras pretende evitar com Jesus no jatinho de Paulo Nobre.

Tudo isso é muito bonito e interessante. Do lado do clube, vale a pena o custo e sacrifício para ter seu craque no clássico. Do lado do jogador, de 19 anos, não é bem assim.

“Falam que por ter 19 anos posso jogar três, cinco jogos no mesmo dia. Só se ficar parado…Se me sentir bem, posso sim jogar contra o São Paulo”, disse Jesus.

“Eu, com 19 anos, jogava uma partida num dia e outra no dia seguinte. Tudo depende de uma boa alimentação e descanso”, disse o veteraníssimo Zé Roberto, de 42 anos, companheiro do garoto no Palmeiras.

Nessa história ainda tem o fator Tite e a Seleção. Destaque da vitória por 3 a 0 contra o Equador, na semana passada, Gabriel Jesus foi uma aposta acertada do novo treinador do escrete. Vai ser um dos focos dos colombianos nesse jogo em Manaus. E deve sofrer à beça com adversários que não aliviam as canelas. É de sair faísca.

Tite deve conversar com Jesus e exigir concentração total na Seleção e Colômbia. O Palmeiras fica para depois.

Certamente o menino, se jogar os 90 minutos com o escrete, vai chegar sem carga máxima no clássico contra o São Paulo. Precisa tudo isso? Jesus ainda não fez gols em clássicos paulistas.

Anúncios