Palmeiras vence Flamengo, leva Supercopa e Abel vira prioridade da Seleção

Abel Ferreira é Seleção – foto: Ag Palmeiras

Palmeiras leva Supercopa do Brasil em cima do Flamengo de forma categórica  e didática. Créditos a Abel Ferreira, um contumaz leitor de jogo na sua essência e, disparado, o melhor técnico no futebol brasileiro nos últimos dois anos – de 2021 a esse início de 2023. É candidato número 1 a assumir a Seleção Brasileira.

Abel não desafina nas estratégias, nem nas decisões. Veja como o treinador português fez o Palmeiras sobrepor ao galático Flamengo na final em Brasília.

Primeira lição: defender. Missão fundamental a não dar espaços a Gerson, Arrascaeta, Pedro, Gabigol e Everton Ribeiro. Muita gente qualificada e de difícil solução.

Pois bem, Abel resolveu. Fez Zé Rafael virar primeiro volante na função de Danilo, vendido ao Nottingham, e Gabriel Menino sufocando Gerson. Veiga no encalço de Everton Ribeiro; Gabigol, Arrascaeta e Pedro, presos a quatro defensores verdes.

Segunda lição: bola em posse do Palmeiras, acionar Veiga e Marcos Rocha, construtores a serviço de Dudu, Rony e, diferente de todos, Endrick.

Terceira lição: mental. Palmeiras, nas ordens de Abel, nunca foi nem será inferior ao Flamengo. A cada erro ou infortúnio, time tem de ser altivo, determinado. Responder a altura.

A cada gol do Flamengo, Palmeiras respondia com jogadas objetivas e bem articuladas. Muita eficiência na saída de bola, jogo aberto nas pontas com Dudu e Rony. E, um parêntese especial, a inteligência de Endrick a incomodar zagueiros flamenguistas e a dar opções a atacantes a seu redor.

Por isso, Palmeiras estendeu seu manto e controlou o jogo. Soube sofrer a cada revés do inimigo. Nas questões táticas engoliu o Flamengo e nos momentos mais difíceis do jogo encontrou os caminhos mais adequados às adversidades.

Se um analista estrangeiro olhar o jogo com a lupa da imparcialidade, vai observar que Abel não deu a Vitor Pereira a menor chance de sair das amarras.

Alguém pode afirmar que o comportamento de Abel Ferreira não é adequado à Seleção Brasileira. Azar da Seleção e dos que não querem enxergar seu gabarito. CBF deve agir. Urgente. Palmeiras vai ficar com o prejuízo. Abel é Seleção.

Menino e Dudu celebram Palmeiras campeão – foto: Ag Palmeiras

São Paulo 28 janeiro 2023. Por Luiz Antônio Prósperi