Cinco análises de futebol para você ler neste sábado (21/5) ao despertar

dudu
Dudu deve ficar no banco contra a Ponte neste sábado em Campinas

Fim de semana com destaque para a segunda rodada do Brasileirão e algumas novidades. Tite decide barrar Cássio e dá nova chance a Walter. Depois da boa estreia contra o Atlético-PR, Palmeiras joga neste sábado contra a Ponte Preta. No São Paulo, Bauza desdenha seus rivais do futebol paulista, após chegar à semifinal da Libertadores. Na Seleção Brasileira, Dunga corta Ricardo Oliveira, machucado, e chama Jonas. E o Barcelona renova contrato com a Nike.

1.TITE SURPREENDE
Técnico do Corinthians, sem muitas explicações, decide afastar o goleiro Cássio do time titular e promove Walter para enfrentar o Vitória neste domingo em Salvador. Alan Mineiro, escalado em dois jogos importantes – contra Nacional, do Uruguai, e Audaz -, é emprestado ao América-MG.

santos-corinthians-cassio-storti-lancepresslanima2015062001311Análise – Parece que as recentes chacoalhadas que o Corinthians levou no Paulistão e Libertadores, sendo eliminado em casa, mexeram com Tite. O treinador percebeu que deveria fazer algo, na tentativa de recolocar o barco no curso do rio. Sacou Cássio, titular desde 2012, e deu vez a Walter. Estranho. Alegou que Walter precisa de continuidade. E liberou Alan Mineiro, jogador que ganhou status com o treinador em jogos decisivos. Muito estranho. Difícil entender o que se passa com Tite. Crise de identidade, o mais provável.

2.PARA CONFIRMAR
Aclamado como destaque da primeira rodada do Brasileirão, quando enfiou 4 a 0 no Atlético-PR, e recebeu elogios pelo bom futebol, o Palmeiras tem o desafio de repetir outro bom jogo, dessa vez contra a Ponte Preta em Campinas.

622_ae5174ba-5d8a-3e57-8174-0f9646fe4844Análise – A tendência é que Cuca consiga emplacar mais um bom jogo. Teve a semana inteira para engraxar a engrenagem e afinar a sintonia do time. Perdeu apenas Barrios, machucado. Se for bem contra a Ponte fora de casa, esse Palmeiras tem tudo para pedir passagem no Brasileirão. Em outros tempos, a Ponte metia medo em Campinas. Agora, nem tanto.

3.BAUZA DESABAFA
Técnico do Tricolor diz que o São Paulo deixou Palmeiras e Corinthians comendo poeira na Libertadores e, com um investimento bem abaixo dos rivais, chegou à semifinal da competição. Disse mais: projeta uma final contra o Boca. Bauza prometeu ainda repatriar um jogador brasileiro de peso para a semi.

images-4Análise – O treinador do São Paulo tem razão quando compara a façanha do São Paulo e as de Palmeiras e Corinthians. Mas não pode achar que seu time está jogando uma maravilha. Nos últimos jogos, fez valer o mando de jogo e sofreu derrotas fora de casa sem prejuízo na classificação. Ele sabe que a próxima parada é azeda, diante do Atlético Nacional de Medellín. Por isso, acalenta a torcida com a promessa de uma grande contratação. A conferir.

4.RICARDO OLIVEIRA FORA
Artilheiro do Santos diz que não se livrou das dores no joelho e por isso foi cortado por Dunga da Seleção Brasileira, que vai disputar a Copa América Centenário, em junho, nos Estados Unidos. Sem Ricardo, o treinador aposta em Jonas, do Benfica.

images-3Análise – Ao insistir com Ricardo Oliveira na Seleção, Dunga mirava a temporada passada quando o goleador santista estava nas pontas dos cascos. Em 2016, o artilheiro se arrastou em muitos jogos do Santos e pouco brilhou na Seleção. Com o afastamento obrigatório, o técnico recorreu a Jonas, outro que já passou dos 30 anos e não vai acrescentar nada no escrete. Dunga poderia ter dado uma chance a Gabriel Jesus. Ele é bem entrosado com Gabigol e já poderiam entrar no processo de formação para o futuro da Seleção. 

5.BARCELONA & NIKE
Fora da Champions League, o Barcelona faturou o Campeonato Espanhol e tem ainda a final da Copa do Rey para fechar a temporada dentro de campo. Fora, acaba de anunciar o acordo com a fornecedora de material esportivo Nike para renovação do contrato até 2026 – o atual vence em 2018.

imagesAnálise – Clube e empresa tinham interesse em continuar parceiros. A Nike não queria perder essa fabulosa vitrine de jeito nenhum. O Barça também não. O negócio teria sido fechado em cerca de R$ 400 milhões por temporada ao clube catalão. Dinheiro que certamente será usado na renovação de contratos de jogadores importantes. O primeiro da fila é Neymar, embicado para ficar no Barcelona até 2022 por um caminhão de milhões de euros. Dinheiro chama dinheiro.

Anúncios